Camdeab reedita o controle midiático pretendido pelo PT

Untitled-1

.

Primeiro, eles acusavam a imprensa de ser um “partido de oposição” e pouca gente se incomodou. A acusação era tão absurda que não poderia colar. Numa sociedade democrática, relativamente estável e minimamente livre, os jornais vão bem quando são capazes de fiscalizar, vigiar e criticar o poder.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Camdeab e a mão que AFAGA do ITV.

Untitled-1

.

Está lá no site do Instituto Teotônio Vilela (ITV): “Durante seus 35 anos de existência, o PT sempre manteve pelo menos um traço de coerência: apostou na divisão do país para travar a luta política e, quando já estava no governo, abusou da cizânia como arma eleitoral e instrumento de perpetuação no poder. Agora, que o governo Dilma está nas cordas, os petistas acenam com diálogo. Qual PT é o verdadeiro?

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Camdeab ilustra Ênio: “O BRASILEIRO ADULTO É UM DIMENOR”.

Untitled-1

.

Dá-lhe Mainardi: “Somos tratados como se tratava criança, antigamente. Os adultos decidiam as coisas e a nós sobrava…obedecer, calados. Já nossos filhos, eles não sofreram constrangimentos graves nem conheceram a vara de marmelo. Não vivem tutelados pelo medo. Mas que ironia! Agora adultos, quando já nos víamos finalmente livres e independentes – caimos sob a tutela autoritária de um partido político. E somos tratados com desplante e indiferença. A madrasta Dilma dá 10 bilhões do nosso dinheiro para um tal de Brics? “Ora, menino, cala a boca”! Faz acordos com ditadores africanos, enriquece empreiteiras corrompidas? “Fica quietinho vá para o quarto, hoje sem jantar”.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Camdeab / Marli Gonçalves / Merval Pereira em “ESCRACHO, TEU NOME AGORA É BRASIL” e “A VOZ ROUCA DAS RUAS”.

.

Untitled-1

.

Começando com Marli Gonçalves: “Digam-me: há palavra melhor para definir o que está acontecendo nesse país para tudo quanto é lado que se olha? Temo que não. ESCRACHO, em todos os seus mais variados sentidos. Um escracho. Um escracha o outro. Nós escrachamos todos. O juiz escracha uns. Os políticos se escracham entre si. O ex escracha a atual. Eu escracho certas pessoas, de um lado, junto de vocês, que também escracham outros e outros; quando não os mesmos, que todos estão se esculachando felizes da vida. Virou Babel.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Memes de Camdeab ilustram quem sabe das coisas no Alerta Total

Untitled-1

.

Artigo no Alerta Total de 18 de julho – Por Sérgio Alves de Oliveira: “Os ladrões que se locupletaram com a roubalheira na Petrobrás parece que se inspiraram no velho provérbio “LADRÃO QUE ROUBA DE LADRÃO TEM 100 ANOS DE PERDÃO”. Pensaram que talvez esse genial brocardo pudesse servir de pretexto para suas criminosas ações de assalto aos cofres dessa empresa, que era até há pouco tempo um dos orgulhos nacionais. Mas o primeiro passo teria que ser a criação do outro “ladrão”, na “pessoa” da Petrobrás, para ter o quê e de quem roubar, ”justificadamente”.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Camdeab e a “Revolta de um General Brasileiro.”

FRONTAL

.

Artigo no Alerta Total por Francisco Torres de Melo intercalado entre os MEMES produzidos no mês junino do 6025 da Verdadeira Luz.´.“Estou tomado por uma depressão que fico sem saber o que devo escrever. Caso minha posição social fosse da classe C poderia dizer os mais abjetos nomes feios. Não sou. Cheguei ao Posto de General de Divisão e preciso mostrar fina educação, pois do contrário serei taxado de um cidadão sem polidez.
Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Camdeab em “ MUSEU DE MEMES” e “Tripé da Grandeza”.

Untitled-1

.

“RIO – Depois de se tornarem parte da vida cotidiana, os memes estão se tornando também objeto de estudos acadêmicos na área de comunicação. E um projeto do departamento de Estudos Culturais e Mídia da Universidade Federal Fluminense quer aproximar os internautas curiosos de pesquisas aprofundadas sobre o universo dos virais. Estreou na web esta semana o MUSEU DE MEMES, uma plataforma feita por professores e alunos da universidade que traz referências sobre pesquisas científicas na área.

.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

Memes de Camdeab em “LIBERDADE DE EXPRESSÃO“ e no “BRASIL DO PT”.

.

Untitled-1

.

Mendonça Filho: “Liberdade de expressão é um dos maiores pilares da democracia“. “Poucas coisas são mais importantes do que o direito de se expressar livremente. Está escrito em nossa Constituição que é livre a manifestação do pensamento, assim como é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença. E, sobretudo, a imprensa é quem melhor personifica essa liberdade.

.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

MEMES de Camdeab com “O BRASIL NO DIVÔ e “Brasil em chamas! Quem pode nos salvar?”

Untitled-1

.

Começando com Nelson Mota: “Se o Brasil fosse uma pessoa, estaria fazendo cinco sessões semanais no consultório de um psicanalista e tomando remédio tarja preta. Descobriu que o pai não é um herói, mas um sem-vergonha infiel, vaidoso e irresponsável, capaz de fazer qualquer coisa pelo poder, e que a mãe é mentirosa e autoritária, e um desastre na administração da casa, além de ninguém entender o que ela diz. Ainda bem que o Brasil não é uma pessoa.

.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários

MEMES de Camdeab e “O LADO BOM DA CRISE” de Jabor.

001

.

Vai ARNALDO JABOR: “A crise é boa. Nada melhor do que uma crise para nos dar a sensação de que a vida muda, que a História anda, que a barra pesa. A crise nos tira o sono e nos faz alertas. A crise nos faz importantes, nós, a opinião pública, nós, o “povo”, nós, os ex-babacas que viviam na sombra, na modorra e que de repente saíram batendo panelas nas ruas. Na crise no Brasil, a política fica visível para a população.

Leia a matéria completa e veja as Charges >>

Publicado em Sem categoria | Fechado para comentários
  • VOTO DE CONFIANÇA
    Baixe grátis meu e-book com fotopiadas
    UM GRITO CALADO NO AR – O dia em que o Bebum de Rosemary perdeu a voz.
    CLIQUE AQUI
  • _______________________


    Baixe também meu e-book com
    fotopiadas do Julgamento do Mensalão. CLIQUE AQUI
  • _______________________


    Baixe também meu e-book com
    fotopiadas da "Presidenta". CLIQUE AQUI
  • _______________________


    E ainda meu 1º e-book com
    fotopiadas da era Lula. CLIQUE AQUI